Domingo Testo

Testo Domingo

Roda, toda gente roda
Ao redor desta tarde
Essa praça é formosa
E a rosa pousada no meio da roda
No meio da tarde de um imenso jardim

Rosa, não espera por mim
Rosa, menina pousada
Não espera por nada
Não espera por mim

Roda, toda gente roda
Ao redor desta praça
Esta tarde está morta

E a rosa, coitada
Na praça e na porta
Na sala, na tarde do mesmo jardim

Que dia espera por mim
Nova, perdida, cara
Não há madrugada esperando por mim
Nova, perdida, cara
Não há madrugada esperando por mim

  • Guarda il video di "Domingo"
Questo sito web utilizza cookies di profilazione di terze parti per migliorare la tua navigazione. Chiudendo questo banner, scrollando la pagina acconsenti all'uso dei cookie.leggi di più