Tropicália Testo

Testo Tropicália

Sobre a cabeça os aviões
Sob os meus pés os caminhões
Aponte contra os chapadões
Meu nariz
Eu organizo o movimento
Eu oriento o carnaval
Eu inauguro o monumento
No Planalto Central do País
Viva a Bossa -as -as
Viva a palhoça -ça -ça -ça -ça
Monumento é de papel crepon e prata
Os olhos verdes de mulata
Acabeleira esconde atrás da verde mata
Na mão direita tem uma roseira
Autenticando eterna primavera
E nos jardins os urubus passeiam a tarde inteira
Entre os girassóis
Viva Maria -ia -ia Viva Bahia -ia -ia -ia -ia -ia
No pulso esquerdo bang-bang
Em suas veias corre muito pouco sangue
Mas seu coraão balança a um samba de tamborim
Emite acordes dissonantes
Pelos cinco mil alto-falantes
Senhoras e senhores ele pões os olhos grandes
Sobre mim
Viva Iracema -ma -ma Viva Ipanema -ma -ma -ma -ma
Domingo é o fino da bossa
Segunda-feira está na fossa
Terça-feira vai á
roça Porém
O Monumento é bem moderno
Não disse nada do modelo do meu terno
Que tudo mais vá pro inferno
Meu bem
Viva a banda -da -da
Carmem Miranda -da -da -da -da
Copia testo
  • Guarda il video di "Tropicália"
Questo sito web utilizza cookies di profilazione di terze parti per migliorare la tua navigazione. Chiudendo questo banner, scrollando la pagina acconsenti all'uso dei cookie.leggi di più