Viajem Testo

Testo Viajem

Suspederam a viagem
Fui parar em outro trem
Que beleza de paisagem!
Fomos rumo a Belém
Agora que é tempo
Colher fruta madura no vento
Pequi não sai do meu pensamento
Bacia cheia de manga bourbon
Nasce um sol, nasce uma noite
E um menino também vem
Que beleza de paisagem!
É meu filho que passa bem
Agora é tarde, não dá para adiar a viagem
João tem três anos de idade
Não quero merecer outro lugar
Volto, quem sabe, um dia
Porque os trilhos já tiraram do chão
Olho as tardes, vivo a vida
Nada é em vão
Volto, quem sabe, um dia
Porque os trilhos já tiraram do chão
Olho as tardes, vivo a vida
Nada é em vão
Copia testo
  • Guarda il video di "Viajem"
Questo sito utilizza cookies di profilazione di terze parti per migliorare la tua navigazione. Chiudendo questo banner o scrollando la pagina ne accetti l'uso.Per info leggi qui