Viajem Testo

Testo Viajem

Suspederam a viagem
Fui parar em outro trem
Que beleza de paisagem!
Fomos rumo a Belém
Agora que é tempo
Colher fruta madura no vento
Pequi não sai do meu pensamento
Bacia cheia de manga bourbon
Nasce um sol, nasce uma noite
E um menino também vem
Que beleza de paisagem!
É meu filho que passa bem
Agora é tarde, não dá para adiar a viagem
João tem três anos de idade
Não quero merecer outro lugar
Volto, quem sabe, um dia
Porque os trilhos já tiraram do chão
Olho as tardes, vivo a vida
Nada é em vão
Volto, quem sabe, um dia
Porque os trilhos já tiraram do chão
Olho as tardes, vivo a vida
Nada é em vão
Copia testo
  • Guarda il video di "Viajem"
Questo sito web utilizza cookies di profilazione di terze parti per migliorare la tua navigazione. Chiudendo questo banner, scrollando la pagina acconsenti all'uso dei cookie.leggi di più