Fado Adeus Testo

Testo Fado Adeus

Amici, ecco i finalisti
Quis a sorte que encontrasse os teus favores
Mas deixaste marca forte no meu peito
Não desdenho dos teus passos,
Também não nego os abraços,
A doçura do olhar
Quando dizias adeus
Tudo parava, escurecia
Estou perdida, espelho meu

Diz-me onde anda a minha alma já sem cor
Onde estão os dias claros, tudo em flor?
Deixaste a guitarra muda,
A navalha está fechada
Sobre o lenço de cetim
Tão negro que dói de olhar,
Noitinha mais devagar,
Tem cuidado, o amor tem fim

Contrário à esperança eterna,
Mas eu sei que tu não voltas
Disse-me este fado. Adeus

Diz-me onde anda a minha alma já sem cor
Onde estão os dias claros, tudo em flor?
Deixaste a guitarra muda,
A navalha está fechada
Sobre o lenço de cetim
Tão negro que dói de olhar,
Noitinha mais devagar,
Tem cuidado, o amor tem fim

Contrário à esperança eterna,
Mas eu sei que tu não voltas
Disse-me este fado. Adeus