Meu Amor Marinheiro Testo

Testo Meu Amor Marinheiro

Fabio Rovazzi: arriva l’accusa di plagio
  • Guarda il video di "Meu Amor Marinheiro"
Tenho ciúme das verdes ondas do mar
Que teimam em querer beijar
Teu corpo erguido às marés.

Tenho ciúme do vento que me atraiçoa,
Que vem beijar-te na proa
E morre pelo convés.

Tenho ciúme do luar da lua cheia
Que no teu corpo se enleia
Para contigo ir bailar.

Tenho ciúme das ondas que se levantam
E das sereias que cantam,
Que cantam p'ra te encantar.

Oh meu amor marinheiro,
Oh dono dos meus anelos,
Não deixes que á noite a lua
Roube a cor aos teus cabelos.

Não olhes para as estrelas
Porque elas podem roubar
O verde que há nos teus olhos
Teus olhos da cor do mar.
  • Guarda il video di "Meu Amor Marinheiro"
Questo sito web utilizza cookie di profilazione di terze parti per inviarti pubblicità e servizi in linea con le tue preferenze e per migliorare la tua esperienza. Se vuoi saperne di più o negare il consenso a tutti o ad alcuni cookie consulta la cookie policy. Chiudendo questo banner, scrollando la pagina o cliccando qualunque elemento sottostante acconsenti all'uso dei cookie.