Lambe-Botas Testo

Testo Lambe-Botas

Vasco Rossi, il Live Kom ‘016 parte da Lignano Sabbiadoro
Grita contigo
Ter medo nunca foi solução
Amedrontado
Qualquer dia até lavas o chão
Se ficas parado
Aparece o padre a dar sermão

E eu não estou pra isso

Tremes por dentro
Fazes tudo o que ele quer
Não tens direitos
Só apenas deveres
Mas dás a graxa
É aquilo que te dá prazer

E eu não gosto disso

Tens medo do chefe........lambe botas

Dias cinzentos
São de—mais
Não vou falar
Eu não vou sentir

É sempre a história
Do agra—dar
Não vou falar
Mas não vou fingir

E quando o tempo passa
Mais te afundas na desgraça
Eu vou querer tudo pra..... mim
Pra mim

Eu sou assim
Não engulo nada que tenha a dizer

Diferente de ti
Sinto a diferença na mente
É puro prazer

Remoer pra quê?
Tens que te fazer ouvir
E não digas que sim

Revolta outra vez..
Porque eu sou assim
Questo sito web utilizza cookie di profilazione di terze parti per inviarti pubblicità e servizi in linea con le tue preferenze e per migliorare la tua esperienza. Se vuoi saperne di più o negare il consenso a tutti o ad alcuni cookie consulta la cookie policy. Chiudendo questo banner, scrollando la pagina o cliccando qualunque elemento sottostante acconsenti all'uso dei cookie.